Entrevista com Patricia Barboza

E e com muito orgulho que trago a primeira entrevista do Blog


1-Quando voce escreveu ''A primeira vez a gente nunca esquece'' a história é baseada em alguem que você conhece?

Alguns fatos que aconteceram comigo e que ocorreram com conhecidos me deram inspiração para as situações que as personagens passam, mas eu não retrato alguém específico. Como estamos sempre passando por situações pela primeira vez, pensei em alguns temas vividos pelos adolescentes e escolhi 14 deles. Achei interessante dividir os temas com protagonistas femininos e masculinos. E tentei escrever da forma mais leve e descontraída possível, pois acredito que a gente precisa se esforçar para estar de bom humor em todas as situações.

2-Voce pretende escrever um livro na área mais adulta?

Sim, pretendo, mas nada programado, com uma data limite. Vou escrevendo, me testando. Eu preciso me divertir com o que escrevo. Quando eu estou achando aborrecido ou chato é hora de parar. Já abandonei muitos textos. Se eu me divertir escrevendo para adultos, pode ter certeza que vou publicar.

3-Voce já publicou 3 livros. Qual deles voce mais gosta?

Essa resposta é complicada, pois é a mesma que se faz para uma mãe: qual dos seus filhos você mais gosta? Ela sempre vai responder que gosta dos filhos igualmente, não é verdade? Quando os escrevi estava passando por momentos diferentes, tinha desafios diferentes. A gente nunca é igual todo dia. Ainda bem! Se todo mundo parasse para se analisar e ver o quanto mudou, ficaria espantado. Eu não sou a mesma pessoa de oito anos atrás quando eu publiquei o primeiro livro. Para o leitor, talvez isso não fique tão evidente, mas para o autor é bem visível.

4-Voce tem algum livro em andamento?

Na verdade, complementando a pergunta anterior, já tenho cinco livros publicados. Os livros em andamento estão sendo lançados durante a Bienal do Livro de São Paulo, em agosto de 2010. Terei o imenso prazer de participar pela primeira vez de uma bienal em Sampa. Os livros novos, “Os sete desafios” e “Confusões de um Garoto” foram publicados pela Editora Ciranda Cultural. Estarei de plantão para os lançamentos no stand da editora de 19 a 22 de agosto, geralmente na parte da tarde.

5-Voce prefere ler ou escrever?

Eu gosto das duas coisas, então fica difícil dizer qual gosto mais. Tem momentos que você quer ler, outras escrever. Uma ação é casada com a outra.

6- Qual e o seu livro favorito?

Eu tenho períodos de livros favoritos. Mas eu posso indicar o livro “Eu sou o caminho” da autora Cenyra Pinto. Todas as vezes que eu preciso de uma resposta ou consolo, faço uma prece e abro o livro ao acaso. Sempre encontro o conforto que preciso.

7-Seu maior sonho sempre foi ser escritora?

Não. Engraçado, né? Eu sempre gostei de ler e escrever, mas eu só pensei na real possibilidade de ser escritora há dez anos. Levava isso na base da brincadeira. Quando era pequena queria ser atriz. Cheguei a participar do grupo de teatro da escola, mas isso acabou ficando esquecido no 7º ano. Agradeço ter me tornado uma escritora aos amigos. Eles me incentivaram muito e quando recebi a minha cota de publicação do primeiro livro eu chorei. Eu trabalhava no departamento de marketing de uma editora e vários colegas de trabalho me ajudaram. Uma fez a capa, a outra revisou o texto... momentos que ficarão guardados para sempre.

8-Muito obrigada pela entrevista. Gostaria de deixar um recado pro leitores do Hooked On Books?

Que continuem a ler e a contagiar as pessoas ao redor (família, amigos, colegas de trabalho). Dessa forma, verão que a leitura é uma forma maravilhosa de crescimento pessoal e divertimento. Aguardo a visita de vocês no meu site (www.patriciabarboza.com) e me sigam no Twitter para saber das novidades (@patbarboza). Obrigada pela oportunidade de contar um pouquinho da minha carreira e pelo carinho. Um beijo enorme para todos!

2 Comentários:

Thais Priscilla disse...

A Patricia é muito fofa e o livrod ela com certeza vale a pena conferir!

Natália disse...

Já ouvi falar do livro dela, parece legal mesmo.

Postar um comentário

 
Design by: Caroline Gehrke